No ar
SHOW DA MANHÃ
Terça, 16 de outubro de 2018
82 998044970
Esportes

30/09/2018 ás 23h07 - atualizada em 30/09/2018 ás 23h09

27

Redacao

ATALAIA / AL

CRB e CSA ficam no empate sem gols no Estádio Rei Pelé
alo sobe uma posição, mas segue na zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro; time do Mutange vai a 47 pontos e mantém 3ª colocação
CRB e CSA ficam no empate sem gols no Estádio Rei Pelé
SERIE B

uiseram os deuses do futebol que o clássico das multidões terminasse mais uma vez sem gols. Na tarde deste sábado (29), em jogo disputado no Estádio Rei Pelé, válido pela 29ª rodada da Série B do Brasileiro, CRB e CSA ficaram no empate em 0 a 0, frustrando as expectativas das duas torcidas. O Galo ainda teve um jogador expulso, o atacante Mazola, que tinha acabado de entrar na segunda etapa. No jogo de ida entre ambos, o placar também permaneceu inalterado.


Veja como foi a partida em tempo real!


 

Com o empate deste sábado, o CRB subiu uma posição na tabela. Agora, é o 17º colocado, com 31 pontos, mas ainda na zona de rebaixamento. O CSA, por sua vez, segue na 3ª posição, com 47 pontos. 


Já pela 30ª rodada, na próxima terça-feira (29), o CSA vai receber o Paysandu, às 21h30, no Estádio Rei Pelé. Já o CRB volta a campo somente no próximo sábado (06), quando vai encarar a Ponte Preta apenas no próximo sábado (06), às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP.


E a partida deste sábado contou com uma presença ilustre: a jogadora alagoana Marta. Eleita a melhor do mundo pela sexta vez em solenidade da Fifa, ela assistiu ao confronto em um dos camarotes do estádio.


Como foi o 1º tempo


O jogo começou bastante equilibrado, com as jogadas se concentrando mais pelo lado esquerdo. Precisando vencer para deixar o Z4, o Galo partiu para cima, mas o CSA logo se mostrou mais perigoso nos contra-ataques, levantando as torcidas nas arquibancadas do Trapichão.


 





Neto Baiano teve pelo menos duas chances claras de abrir o marcador e assumiu a culpa pelo empate


FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS


 


 


Aos 11 minutos, numa das boas oportunidades do Galo, Neto Baiano chutou forte em cobrança de falta e, após leve desvio na barreira, o goleiro Lucas Frigeri segurou a redonda com firmeza. Um minuto depois, o goleiro azulino fez mais uma boa defesa, após rebote na cobrança do corner. Mesmo deitado, Frigeri afastou o perigo com um tapa na bola.


Aos 21 minutos, o CSA chegou em dose dupla. Primeiro com Juan, que finalizou de fora da área para a defesa parcial do goleiro João Carlos. Na sequência, Neto Berola finalizou e a bola passou rasteira, raspando a trave direita do Galo.


Já aos 25 minutos, Neto Berola dividiu bola e levou a melhor, com Juan pegando a sobra. O meio-campista finalizou, mas a bola saiu sem força, facilitando a defesa de João Carlos, quando Rubens se aproximava para pegar o rebote.


O jogo seguiu equilibrado, mas com o Regatas ainda mais disposto e o Azulão a insistir no contragolpe.


Aos 41, foi a vez de o CRB chegar mais uma vez com Iago. O atacante fez boa jogada individual e cruzou na medida para Neto Baiano, mas o atacante, sozinho, chutou por cima do gol de Lucas Frigeri, desperdiçando grande oportunidade de abrir o marcador, no último lance de efeito da primeira etapa.


 





Substituído por Alemão no final do jogo, atacante Rubens também desperdiçou boa chance


FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS


 


 


 


Etapa final


Quando os times retornaram para a segunda etapa, o CSA demonstrou que iria buscar a vitória. Logo aos 2 minutos, em jogada ensaiada, Daniel Costa rolou para Juan, que tentou o cruzamento, mas mandou longe do gol. Não demorou muito e o Galo respondeu. Três minutos depois, Everton Sena se lançou ao ataque e chutou forte, mas mandou muito longe da barra. 


O jogo seguiu parelho, e o CSA chegou bem aos 6', quando Rafinha chutou com veneno. João Carlos deu rebote e a defesa regatiana afastou o perigo. Já aos 13 minutos, foi o CRB quem assustou. Iago, que passou a jogar direita, invadiu a área, dividiu com Matheus Lopes, desabou na grande área e pediu pênalti, mas o árbitro Rodolpho Toski mandou o jogo seguir.


Em seguida, o Azulão perdeu uma chance incrível. Aos 23 minutos, Juan avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Rubens. O atacante tocou de perna direita e João Carlos salvou o CRB com o pé. Na sequência, o árbitro marcou toque de mão do jogador azulino. 


Pouco depois, aos 25 minutos, o CRB deu grande susto na torcida azulina. Paulinho cobrou escanteio e Lucas Frigeri socou para trás, vendo a bola acertar o travessão. 


 





Jogadores do CRB protestaram contra expulsão de Mazola, que entrou no segundo tempo


FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS


 


 


Já aos 30 minutos, o CRB voltou a criar mais uma boa oportunidade. Iago deu um lindo corte em Celsinho e cruzou rasteiro, mas Neto Baiano tocou por cima do gol de Lucas Frigeri, para desespero do torcedor regatiano. 


A blitz regatiana parecia não ter fim. Aos 36', Mazola foi à linha de fundo e tocou em direção a Diego Rosa, mas Pio se antecipou e fez o corte providencial na pequena área.


Porém, logo depois, o Galo ficou com um homem a menos em campo. Isso porque Mazola foi expulso após disputa de bola com o volante azulino Yuri. O árbitro paranaense entendeu que ele acertou uma cotovelada no adversário e aplicou o cartão vermelho.


Aos 41 minutos o CSA ainda tentou. Em cobrança de falta, Pio deixou para Rafinha, que soltou uma bomba e viu a bola passar muito perto da trave esquerda de João Carlos. 


Não demorou muito e o time do Mutange voltou a assustar em jogada pela esquerda, quando Rafinha cruzou para Alemão, que cabeceou no canto esquerdo de João Carlos, mas para fora. 


Porém, mesmo em desvantagem numérica, o Galo quase garantiu a vitória no último lance da partida, quando, após disputa pelo alto, a bola sobrou livre para Neto Baiano, mas o artilheiro alvirrubro, de frente para a barra, isolou. 


FICHA TÉCNICA:


CRB: João Carlos; Diogo Matheus, Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Luiz Otávio (Marcelo Oliveira), Renan Oliveira (Diego Rosa) e Willians Santana (Mazola); Iago e Neto Baiano. Técnico: Roberto Fernandes.


CSA: Lucas Frigeri; Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Didira, Juan e Daniel Costa (Pio); Neto Berola (Judivan) e Rubens (Alemão). Técnico: Marcelo Cabo.


 


 








 




1 / 8


 

 




















FONTE: Por Fernanda Medeiros | Portal Gazetaweb.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Esporte local

Esporte local

Blog/coluna Tudo sobre o esporte local em um só lugar!
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium