radio
ECONOMIA

Com incentivo do Governo de AL, cooperativas e associações ganham projeção nacional

Resultados do ciclo 2013-2018 do Programa de Arranjos Produtivos Locais apontam melhorias na vida de 15 mil produtores e artesãos alagoanos

06/12/2018 07h35
Por: Redacao
Fonte: *Redação Alagoas Alerta com Assessoria
85
ECONOMIA
ECONOMIA

Do artesanato ao cultivo de hortaliças, sementes e apicultura. As potencialidades dos pequenos negócios em Alagoas ganham destaque pela mudança na vida de quem produz. Amparados pelo Programa de Arranjos Produtivos Locais (PAPL), cooperativas e associações ganham projeção nacional ao participarem de feiras e eventos. Em Alagoas, o PAPL é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), em parceria com o Sebrae/AL.

Atendendo a dez atividades produtivas atualmente, o programa é responsável por ampliar os contatos, alinhar a produção ao mercado e capacitar os beneficiados com workshops que melhoram o diálogo com compradores e facilitam a comercialização. Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são responsáveis por colocar o estado na contramão do desempenho da atividade agrícola no país, com um aumento de 8,8%, o maior índice do Nordeste e acima da média nacional.

Divulgar as marcas, dar assistência e notoriedade ao trabalho desenvolvido no interior alagoano e fomentar novas formas de comercialização de produtos são os objetivos programa, que contempla mais de 15 mil pessoas, nas mais diversas atividades econômicas. Em operação desde 2004, o PAPL contribui diretamente na criação de postos de trabalho e na geração de renda da população.

Com o incentivo do Governo do Estado, por meio da Sedetur, e em parceria com o Sebrae/AL, histórias como a de Maria José são cada vez mais comuns. Integrante da Associação de Mulheres Rendeiras de Marechal (AMU), a artesã evidencia a importância da parceria para a visibilidade do bordado filé.

“Nós estamos satisfeitas com o nosso trabalho, que é um dom que Deus nos deu. Eu vivo disso e trabalho desde os 7 anos como rendeira, assim como minha mãe trabalhava. Em Marechal, quem não é rendeira não é deodorense”, afirmou Maria José, destacando a importância da atividade por várias gerações.

Em Santana do Mundaú, a Ecoduvale é destaque na fruticultura. A associação, que conta com 16 produtores e é beneficiada pelo PAPL, une a atividade agrícola típica da região do Vale do Mundaú com marketing e relacionamento com o cliente.

Em operação desde 2004, o PAPL contribui diretamente na criação de postos de trabalho e na geração de renda

 

Pedro Paulo da Silva diz que sempre trabalhou no segmento e é filho de agricultores. “O auxílio é muito bom para a gente que é do campo, que aprende a comercializar melhor nossos produtos”, afirmou.

Atuante em nove municípios, o APL Horticultura desenvolve ações que visam à abertura comercial para os produtores. Essa articulação contempla também os produtores de mandioca, assistidos em 22 municípios.

Para o gestor da APL Horticultura do Agreste, Humberto Sant’anna, é importante que as pessoas saibam o que é produzido em Alagoas. “O nosso papel, como consultor especializado, é ver as potencialidades do território e trabalhá-las da melhor forma possível, para que os produtos de empresários e agricultores familiares estejam prontos para serem comercializados dentro e fora do Brasil”.

Para o gerente de APLs e Cadeias Produtivas da Sedetur, Everson Pontes, o ciclo encerrado em 2018 mostra os sucessos dos incentivos do governo. “Nós tivemos êxito em mostrar o trabalho desenvolvido pela Sedetur, em parceria com o Sebrae, e conseguimos passar para os produtores o interesse do Governo do Estado em manter viva a proposta para o ano seguinte, que é o PAPL Alagoas Maior. As atividades continuam a todo o vapor”, conta.

"Alagoas Maior" em 2019

Visando à cobertura de 84 municípios nas regiões Agreste, Sertão e Quilombos, o PAPL Alagoas Maior beneficiará cerca de 20 mil pessoas com o mapeamento de arranjos produtivos. Com investimento de R$ 2,3 milhões do Governo do Estado, o novo ciclo irá fomentar rodadas de negócios junto ao pequeno produtor para aprimorar a venda de produtos.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Atalaia - AL
Atualizado às 03h55
22°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 22°
22°

Sensação

2.5 km/h

Vento

95%

Umidade

Fonte: Climatempo
FARMACIA POPULAR
Anúncio arranha-céu MF INFORMATICA
PINHEITO PROMOÇAO
PINHEITO PROMOÇAO 2
PROF LESSO
Municípios
Banner sessão política
Últimas notícias
Banner sessão esportes INOVAR
QUINHO DO PORTAO
Banner abaixo sessão esportes IMPERIO
Mais lidas
Banner sessão entretenimento
Banner ao lado dos blogs WEBE FIBE