radio
Investimentos

Cecília Rocha aposta no estímulo da criatividade, inovação e aprendizado a frente da Secti

Cecília Rocha aposta no estímulo da criatividade, inovação e aprendizado a frente da Secti

28/05/2019 10h12Atualizado há 4 semanas
Por: ADMINISTRADOR
Fonte: Anoticia
1.855
Nova secretaria avancanfo na pasta
Nova secretaria avancanfo na pasta

Há menos de dois meses empossada, a secretaria Cecília Rocha, da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) já mostrou para que veio. Um projeto que estimula a criatividade, inovação e aprendizado deixou de ser a cada dois anos e passou a ser anual para, segundo Cecília, estimular ainda mais jovens e professores.

Para Rocha, a Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas (Experiment-AL) é um ambiente serve de estímulo a jovens e professores e por isso o projeto deve passar a ser anual.  Ele permite um contato direto com a sociedade para troca de conhecimentos, divulgação de ideias e sensibilização da importância da pesquisa científica e suas aplicações.

“Essa ação inovadora precisa ser intensificada e mais explorada. Precisamos dar mais oportunidade aos nossos jovens talentos, por isso queremos que esse projeto passe de bienal para anual. Em breve iremos lançar o edital e a Feira deverá acontecer em novembro deste ano”, afirmou a secretária.

A Feira é uma realização da Secti com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal).

Podem participar estudantes do ensino fundamental e médio das escolas públicas e privadas de Maceió e do interior do Estado, alunos do ensino profissionalizante e da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai). Uma oportunidade para estudantes apresentarem seus trabalhos de pesquisa e ainda concorrerem a bolsas de iniciação científica.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários