radio
TECNOLOGIA
Bolsonaro diz que vai lutar para desfazer política do WhatsApp
Limite de compartilhamento de informações faz parte das medidas do app no combate a 'Fake News'
Tecnologia e games

Tecnologia e gamesTudo sobre tecnologia e games em um só lugar!

15/10/2018 07h43
Por: Redacao
Fonte: NOTICIAAPMINUTO
138
REDES SOCIAS
REDES SOCIAS

Em transmissão ao vivo feita em suas redes sociais nesta sexta-feira (12), Jair Bolsonaro (PSL) disse que, caso seja eleito presidente, fará com que volte a ser permitido encaminhar textos, fotos e vídeos para mais de 200 pessoas simultaneamente.

Em agosto de 2018, o WhatsApp começou a limitar o encaminhamento de mensagens para até 20 pessoas em uma política de combate de "fake news".

 

"Quem não ficou chateado quando o WhatsApp aqui, dizendo que era para combater crime de ódio, em vez de você passar 200 mensagens passou para 20? Vamos lutar para que volte ao que era antes", disse Bolsonaro, acompanhado de Luiz Philippe de Orleans e Bragança, recém-eleito deputado federal pelo PSL.

Na transmissão, Bolsonaro também disse que não está batendo de frente com o economista Paulo Guedes e que eles concordam em "90% das coisas". Recentemente, Bolsonaro apontou restrições às privatizações de Eletrobras e Petrobras, gerando reação negativa do mercado. Com informações da Folhapress. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários